Qual a importância do cuidar em nossas vidas?

Qual a importância do cuidar em nossas vidas?

Para a alumni de Fisioterapia, Fernanda Carvalho de Almeida, o cuidado está enraizado em sua essência e permeia toda a sua vida

Para algumas pessoas, o CUIDADO tem um sentido ainda mais especial que para outras e está relacionado tanto ao seu passado como presente e futuro. 

Segundo o dicionário Aurélio, cuidado significa demonstração de atenção; em que há cautela, prudência; aplicação e capricho ao realizar algo; zelo, esmero; atenção maior em relação a alguém ou algo; preocupação.

E quando o cuidar de alguém te desperta o chamado para uma missão?

Foi o que aconteceu com a alumni FERNANDA CARVALHO DE ALMEIDA. Já na adolescência, ao assumir o posto de irmã mais velha, observando o cuidado que tiveram com um de seus irmãos, descobriu também sua vocação profissional.

“Eu tenho irmãos trigêmeos, 14 anos mais novos que eu. Um deles, precisou fazer muita fisioterapia quando era pequeno, e eu sempre o acompanhava durante as sessões. Eu me apaixonei pelo trabalho e como ele evoluiu. Foi aí que decidi o que eu queria ser quando crescesse. Eu amei a ideia de acompanhar as conquistas de um paciente tão de perto e receber um obrigado com emoção”, conta a ex-aluna.

Formada pela UniMAX em 2018, Fernanda trabalha no HAOC (Hospital Augusto de Oliveira Camargo) em Indaiatuba como fisioterapeuta intensivista.

olhos-materias_600x600px_1

APLICAÇÃO E CAPRICHO AOS ESTUDOS

Com anos de estudo em uma escola alemã, Fernanda recebeu uma educação rigorosa, além de ótimos exemplos de profissionais formados e do incentivo da família. Portanto, ser aplicada aos estudos não era algo forçado, pois já fazia parte da sua natureza e da disciplina que adquiriu aos longos dos anos.

Mesmo sendo responsável, ainda era jovem e conta nunca ter imaginado que pudesse aprender tanto, da forma que aprendeu e se tornar o que se tornou. “Decidir estudar, passar o dia e algumas noites fora de casa me fez amadurecer e crescer como pessoa. Pude enxergar como é o mundo longe da casa dos meus pais e as dificuldades que precisamos enfrentar. Percebi que o estudo realmente pode te levar longe e trazer muitas oportunidades, além da tão sonhada independência”, destaca a fisioterapeuta.

Ela acrescenta que com o estudo conseguiu conquistar tudo o que sonhou. “Alguns dizem sorte, o que parece clichê, mas foi com muita dedicação. Eu sempre estudei bastante durante a faculdade, o que me deu oportunidades de estágios e de trabalho logo depois de formada, além de poder ajudar quem sempre me ajudou”, ressalta Fernanda.

fernanda-almeida_5

Fernanda durante seu estágio

 

ATENÇÃO MAIOR EM RELAÇÃO A ALGUÉM

Para Fernanda, irmã atenciosa de três crianças da mesma idade, o mundo infantil era algo que já permeava o seu cotidiano. Por isso, ela iniciou o curso decidida a atuar com esse público, mas a vida tinha outros planos para ela.

“Quando entrei na faculdade, tinha na cabeça que queria trabalhar com crianças na área de neurologia. Mas, durante o estágio na área hospitalar eu mudei de ideia. Me vi apaixonada pela Fisioterapia Intensiva, me dediquei e tive minhas ‘recompensas’ durante todo o ano. Antes de me formar já tinha recebido uma proposta de emprego na área em que eu queria, da minha professora e coordenadora da equipe de fisioterapia do HAOC. Isso, com certeza, fez me dedicar cada vez mais. Sem dúvidas, o melhor que poderia ter ocorrido durante o curso todo. É muito gratificante”, salienta.

fernanda-almeida_3

A alumni e junto de seus irmãos trigêmeos

 

PREOCUPAÇÃO

 A vida tinha mais surpresas à alumni.

De uma irmã mais velha preocupada e zelosa, Fernanda se tornaria uma mãe dedicada e com um grande desafio pela frente: conciliar a maternidade com o curso superior.

Foi então que o Centro Universitário Max Planck foi vislumbrado como a melhor solução para a nova vida que teria a partir dali. “Eu estudei três anos em [outra instituição], e durante o curso eu tive a minha filha, o que me impossibilitou de continuar por ser integral. Precisava de uma faculdade que fosse noturna e que ao mesmo tempo as matérias se igualassem com as que eu tinha antes. A UniMAX me mostrou isso: qualidade”, revela.

As expectativas da egressa de Fisioterapia foram atendidas e o aprendizado adquirido na UniMAX influenciou positivamente sua vida pessoal e profissional. “Na Fisioterapia, assim como qualquer área da saúde, é importante ter aula teórica, mas a prática ainda mais. Eu tive a oportunidade de fazer estágios maravilhosos, principalmente, na área hospitalar. Sair formada com uma experiência que muitas faculdades não fornecem, como estar direto e durante várias horas dentro de uma UTI, me deu muitas oportunidades”, considera.

fernanda-almeida_2

Fernanda com sua filha: maternidade e estudos é realmente possível

 

ZELO E ESMERO

O zelo, o esmero, o cuidado que tem pelas pessoas e por sua profissão, já levaram Fernanda a realizar duas pós-graduações: uma em Fisioterapia Hospitalar e outra em Fisioterapia em UTI Neonatal e Pediátrica.

Para ela, a Fisioterapia ainda é pouco conhecida, mas que tem conquistado destaque. “A Fisioterapia nos últimos anos começou a ganhar mais espaço. Pouca gente sabe que a profissão tem outras áreas além da tão dita massagem. Fisioterapia não é só massagem”, diz.

fernanda-almeida_1

A fisioterapeuta Fernanda e suas colegas de pós-graduação

 

CUIDADO

Fernanda reforça que na área hospitalar, por exemplo, a Fisioterapia cuida da parte respiratória e da ventilação do paciente. “Nós fazemos os pacientes respirar e pouca gente sabe disso. A maioria das pessoas acha que dentro de um hospital só existe médicos e enfermeiros. Em outras áreas, podemos diagnosticar e tratar diversas patologias sem o paciente precisar passar em uma consulta médica para isso. A Fisioterapia precisa de mais espaço e reconhecimento e isso vem aumentado com o tempo. Espero que daqui a poucos anos tenhamos o reconhecimento merecido”, deseja.

“A Fisioterapia é uma área linda e MUITO gratificante. NADA consegue pagar o preço de uma lágrima de emoção junto de um obrigado por me dar vida novamente, que é o que fazemos, devolvemos vida. Fisioterapia é amor. Estudem anatomia e fisiologia! ”, encoraja quem deseja seguir o mesmo caminho.

olhos-materias_600x600px_2

Texto: Tatiane Dias – (MTB 67029)