Projeto “Despertando Sentidos” trabalha com os estudantes de Engenharia de Produção da FAJ o tema Acessibilidade

Projeto “Despertando Sentidos” trabalha com os estudantes de Engenharia de Produção da FAJ o tema Acessibilidade

O projeto “Despertando Sentidos”, lançado neste semestre, apresenta o desenvolvimento de um produto utilizando o “Design Universal”. Esse conceito visa à elaboração de produtos e serviços a fim de que sejam usáveis pelo maior número de pessoas, independente de idade, habilidade ou situação.

A iniciativa vem integrar a disciplina de Projeto do Produto I com as atividades desenvolvidas pelo NIAC (Núcleo de Inclusão e Acessibilidade da FAJ) e será desenvolvida pelos alunos do 8° semestre do curso de Engenharia de Produção. A metodologia usada pelos alunos foi desenvolvida pelo professor Geraldo G. Delgado Neto que trabalha no desenvolvimento de projetos e acessibilidade desde 2003.

Com o intuito de orientar os alunos, o Prof. Geraldo Delgado promoveu uma palestra no dia 28 de agosto, ministrada pela Dra. Vanessa, uma das orientadoras do NIAC, o encontro se iniciou com a proposta de uma reflexão sobre o que significava realmente acessibilidade e a real dimensão do tema, abordando as normas regentes em nosso país.

A palestrante apresentou conceitos sobre o Núcleo de Inclusão e Acessibilidade, que é um núcleo de auxílio que a FAJ presta ao aluno com deficiência com o intuito de integrá-lo de maneira correta no ambiente acadêmico. “A Dra. Vanessa nos mostrou alguns produtos já existentes para melhorar a acessibilidade às pessoas com limitações, o que nos serviu para a construção de uma base para a elaboração do projeto”, observou o professor.

O aluno, Carlos Guilherme S. Pinton ressaltou a importância do tema no desenvolvimento de ideias dos alunos. “Além dos conceitos iniciais que a palestra gerou na criação de ideias, destaco mais dois pontos que me chamaram a atenção. O primeiro é em relação ao mercado deste segmento, que além de pouco explorado muitas vezes os produtos são feitos de maneira incorreta, pois atendem as expectativas dos engenheiros e projetistas, mas não o desejo do consumidor final. O segundo ponto de destaque é a importância da comunicação dentro das empresas com as pessoas que cumprem as cotas de deficientes, afinal, muitas empresas não tem preparo para adequar a pessoa ao ambiente empresarial”, destaca

 

Erro na Galeria:
Nenhuma Galeria com ID 29 foi encontrada ou você ainda não criou álbuns para ela .