Prof. Flávio Pacetta é homenageado com o título de “Cidadão Jaguariunense”

Prof. Flávio Pacetta é homenageado com o título de “Cidadão Jaguariunense”

Reconhecimento

Por Bruno Felisbino

A Câmara Municipal de Jaguariúna homenageou 12 personalidades com o título de “Cidadão Jaguariunense”, em sessão solene na sexta-feira, 7. A cerimônia, realizada no Teatro Municipal Dona Zenaide, marcou o reconhecimento público à contribuição de cada um deles para o engrandecimento da cidade nos últimos anos.

O diretor acadêmico da FAJ, Prof. Flávio Fernandes Pacetta, foi um dos homenageados pela trajetória construída no município. Jaguariúna está em sua biografia desde 1998, quando chegou à cidade para trabalhar no Fórum Distrital. Depois disso, sua relação com o município só se aprofundou, principalmente quando se tornou professor da FAJ e coordenador do Curso de Direito, atuando como mentor de muitos alunos que hoje se destacam profissionalmente no mercado de trabalho.

Passado algum tempo, o Prof. Flávio Pacetta foi convidado a assumir a direção acadêmica da FAJ, tornando-se o porta-voz da Instituição dentro e fora da faculdade, inclusive como incentivador de vários projetos sociais desenvolvidos pela FAJ junto à comunidade.

Após receber o título concedido pela Câmara Municipal, o diretor da FAJ relembrou em seu discurso a história da formação de Jaguariúna desde o século XIX, quando o povoado surgiu a partir de uma linha férrea que ligava Campinas a uma então comunidade às margens do Rio Jaguari.

“Uma cidade é composta por histórias e pessoas. O caráter das pessoas é o que faz com que uma cidade prospere ou não, e Jaguariúna prosperou muito”, disse.

Ele lembrou as palavras gravadas no brasão da cidade, “Fide et labore” – Fé e Trabalho, para ressaltar o papel fundamental das pessoas que ajudaram a construir esta que é uma “cidade de oportunidades”.

“Ter nascido aqui é uma benção e um privilégio, mas ser recebido e aceito por esta cidade é uma grande honra”, ressaltou Pacetta, que nasceu em Amparo e adotou Jaguariúna definitivamente como sua casa a partir de 1997.

Ao final, fez um agradecimento especial a todas as pessoas importantes que passaram por sua vida e dividiu a comenda com todos aqueles que o ajudaram e o acolheram nos últimos anos, como o diretor-geral da FAJ, Prof. Ricardo Tannus, e o Prof. José Carlos Pacheco Coimbra. Por fim, repetiu o gesto universal de reverência à terra amada consagrado pelo Papa João Paulo II e beijou o chão do Teatro Municipal. Foi ovacionado por todos.

HOMENAGEADOS
As outras personalidades homenageadas pelo Legislativo jaguariunense foram: Sérgio Aparecido Pedroso, Reverendíssimo Dom Pedro Carlos Cipolini, Reverendíssimo Padre Charles Franco Peron, Ângelo Roberto Torres, Luís Joaquim Francisco, Eliseu Rodrigues de Oliveira, Renato Orsi, Plínio Franceschini, Ildefonso Ferrari, Celso França, além do deputado Jonas Donizette, que não pôde comparecer mas enviou um assessor para representá-lo.