Inscritos no Enem 2020 têm até dia 30/06 para escolha da nova data da prova

Inscritos no Enem 2020 têm até dia 30/06 para escolha da nova data da prova

São três opções de datas para o Enem impresso e digital: uma em 2020 e duas em 2021. Para isso, é necessário acessar a Página do Participante (enem.inep.gov.br)

Segue aberta até dia 30 de junho (terça-feira), a enquete para a escolha da nova data do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) promovida pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), ligado ao MEC (Ministério da Educação).

Para votar, é preciso acessar a página do Participante, com CPF e senha utilizados no cadastro do portal único do Governo Federal, o gov.br, e indicar o período em que prefere fazer as provas.

São três opções disponíveis:

  •         Enem impresso: 6 e 13 de dezembro de 2020/Enem Digital: 10 e 17 de janeiro de 2021;
  •         Enem impresso: 10 e 17 de janeiro de 2021/Enem Digital: 24 e 31 de janeiro de 2021 e;
  •         Enem impresso: 2 e 9 de maio de 2021/Enem Digital: 16 e 23 de maio de 2021.

A escolha da data para o Exame Nacional do Ensino Médio 2020 ocorre de forma voluntária, por isso, os inscritos não são obrigados a votar.

De acordo com o MEC, o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio se deu em decorrência dos impactos da pandemia do novo Coronavírus. O cronograma inicial previa a realização da versão digital em outubro e a impressa em novembro.

Sobre o Enem

O ENEM tem se tornado a principal porta de entrada para o Ensino Superior privado. No grupo educacional formado pela UniMAX, UniFAJ e FAAGROH (Faculdade de Agronegócios de Holambra), com o número de inscrição do ENEM, o candidato não precisa realizar o Vestibular para ingressar em, praticamente, todas as mais de 30 opções de cursos presenciais, além das graduações de EaD (Ensino a Distância).

Além de ingressar na faculdade sem a necessidade de passar pelo processo seletivo, entre as vantagens oferecidas pelo ENEM estão: a possibilidade de se inscrever para concorrer uma bolsa (integral ou parcial), pelo PROUNI (Programa Universidade para Todos), em instituições particulares de educação superior.

Segundo o MEC, no primeiro semestre de 2020, o PROUNI apresentou a maior quantidade de bolsas já registrada para o período. O número ultrapassou 252 mil bolsas em todo o país, sendo mais de 122 mil integrais (100%) e pouco mais de 130 mil parciais (50%). Além disso, em 2020, foram 5,8 milhões de inscritos, o que representa um aumento de 13,5% em relação ao quantitativo do ano passado.

Outro ponto a ser destacado é que, geralmente, os Centros Universitários de Jaguariúna e Max Planck de Indaiatuba e a FAAGROH oferecem campanha de descontos que variam de acordo com a nota obtida no Exame. Por isso, é importante que o candidato se dedique à prova, pois quanto maior sua nota, maiores serão suas vantagens, seja pelo PROUNI ou seja diretamente na instituição de ensino.

Para auxiliar os candidatos nos estudos para o Exame, as próprias instituições de ensino promovem cursinhos preparatórios gratuitos, como o Proe ENEM.

Com informações: Inep/Ministério da Educação; G1 e Agência Brasil

Texto: Tatiane Dias – (MTB 67029)