FAJ comemora 17 anos de investimentos em educação

FAJ comemora 17 anos de investimentos em educação

Instituição foi inaugurada no dia 4 de maio de 1999 e tinha apenas 200 alunos; hoje são 9.500

Os alunos que chegaram aos campi da Faculdade de Jaguariúna – FAJ nesta quarta-feira, 4, foram surpreendidos com um enorme bolo, queima de fogos, música, dança, além de presença de professores, coordenadores e diretores. Tudo para comemorar os 17 anos de fundação da FAJ, inaugurada exatamente no dia 4 de maio de 1999.

“Hoje o principal homenageado nessa festa é o aluno”, disse o diretor Flávio Fernandes Pacetta ao recepcionar os estudantes. Professor Flávio ainda lembrou a trajetória da faculdade no decorrer destes anos e mencionou que a FAJ começou bem pequena há 17 anos, mas sempre foi um projeto ousado e pensado bem antes. “Há 25 anos, oito antes da inauguração, já havia professores e pessoas envolvidas com a educação de qualidade que queriam montar uma instituição diferenciada”, relembra.

O diretor conta que Jaguariúna foi uma cidade escolhida porque fica dentro da RMC (Região Metropolitana de Campinas), uma região muito rica, e é estratégica porque tem uma pista muito boa de acesso. “Mas se a gente não tivesse colocado aqui investimento, infraestrutura e professores gabaritados para fazer o aluno entender que ele só consegue compreender a teoria se ele estiver praticando dentro e fora da sala de aula, nós jamais teríamos saído de 1999 com 200 alunos e chegado hoje, em 2016, com quase 9.500 alunos, isso só aqui em Jaguariúna, porque nós temos em Indaiatuba a Faculdade Max Panck, que embora seja mais nova, está trilhando o mesmo caminho”, destaca.

Para Ricardo Tannus, diretor geral do Grupo Polis (FAJ e Max Planck), o êxito nestes 17 anos foi alcançado porque a FAJ representa, para muitas pessoas, a oportunidade real de qualificação para o mercado de trabalho. “Aqui as pessoas têm as opções dentro dos projetos pedagógicos da FAJ de vivenciar uma realidade, de vivenciar a necessidade do mercado, de vivenciar realmente a estabilidade emocional e técnica dos empregos”, afirma. “A empregabilidade nesse próximo século estará liga a quem souber trabalhar em equipe, tiver humildade e tiver conhecimento técnico. Se não tiver esse tripé, não vai trabalhar”, cita Tannus.

E hoje a FAJ é reconhecida no Brasil como a melhor Faculdade de Educação Física do Brasil de acordo com o último ENADE e como a melhor Faculdade de Medicina Veterinária segundo o Ranking Universidades do Brasil – RUF. Além disso, 72% dos cursos da Instituição estão entre os melhores da RMC, 68% posicionam-se entre os melhores do estado de São Paulo e 58% estão entre os 30 melhores do Brasil. “Todos os nossos cursos são muito bons, mas temos estes que são muito reconhecidos no Brasil graças à dedicação dos coordenadores, dos professores e do envolvimento dos alunos”, declara o diretor que faz questão de enfatizar: “A educação é o único meio de mudança de uma sociedade.”

260 KG DE BOLO

Confeitado pelos alunos do curso de gastronomia da instituição, o bolo em comemoração ao 17º aniversário da FAJ, com massa de pão de ló, recheio de doce de leite e cobertura de merengue, pesou 260 quilos.

“Foram 48 horas de trabalho, com envolvimento de 25 alunos do 1º e 3º semestre do curso de gastronomia”, informa o coordenador do curso, professor Adriano Emídio.

Servido logo na entrada – 22 metros no campus 2, 10 metros no campus 1 e 3 metros no prédio de Medicina Veterinária -, o bolo agradou ao paladar dos estudantes, como Natanyle Leme, 23 anos, do curso de engenharia ambiental. “Gostei muito do bolo. Gostei também de saber que foi feito pelo pessoal do curso de gastronomia, disse entre um bocado e outro. “Achei muito interessante à iniciativa, pois marca a data do aniversário, que muitas vezem nem lembramos”, comentou Maurício Ciluzzo, 37 anos, que estuda engenharia civil.

CULTURA

A noite também reservou espaço para a Dança na Praça, como os grupos Dinamite Crew, de Jaguariúna, que apresentou hip hop, e Glaa Morais e Vivi Patrícia, de Pedreira, que colocaram todos para dançar vários ritmos. As atrações fazem parte do Projeto Cultural da FAJ dedicado exclusivamente a ações culturais no campus e também do Proe Cultura.

Coordenado por Daniela Zanolo, o Proe Cultura acontece desde 2013, sempre com uma atração cultural às quartas-feiras. “É um projeto que começou pequeno e que cresceu e se profissionalizou. Tanto que vamos ter outras ações como mostras, exposições, palestras, além de formar o coral da FAJ. O objetivo é incutir a arte na vida dos alunos”, informa.

 

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful