Evento online com alunos de RH aborda Gestão do Conhecimento e Método Escoteiro

Evento online com alunos de RH aborda Gestão do Conhecimento e Método Escoteiro

O tema foi abordado por Renato Rosa, chefe de Tropa Escoteira do Grupo Rosa dos Ventos de Indaiatuba. Na oportunidade, estudantes também apresentaram trabalhos relacionados ao desafio proposto pela NASA para soluções no combate ao COVID-19 

 

Os estudantes de RH (Recursos Humanos) da UniMAX – Centro Universitário Max Planck de Indaiatuba – tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre “Gestão do Conhecimento e Método Escoteiro” com Renato Rosa, diretor administrativo e chefe de Tropa Escoteira do Grupo Rosa dos Ventos de Indaiatuba, mestre pioneiro, com 22 anos como voluntário do Movimento Escoteiro e que profissionalmente exerce a função de gerente da engenharia na empresa Glasshield Securits Products.

Na oportunidade, o convidado falou sobre o escotismo, movimento educacional, voluntário e sem fins lucrativos, que prioriza a educação de jovens, que têm a oportunidade de se desenvolverem socialmente com base em valores, respeito, amizade, fraternidade e amor pela natureza. O ideal de ajudar a construir um mundo melhor, onde as pessoas se sintam plenamente realizadas como indivíduos e desempenhem um papel construtivo na sociedade foi criado pelo inglês Robert Stephenson Smyth Baden-Powell, em 1907.

“Foi incrível! Falamos sobre o escotismo e como eles passam os conhecimentos de uns para outros, sem perder a essência do movimento”, considera a coordenadora do curso de RH, professora Carla Borges.

DESAFIO

Neste mesmo dia, os alunos de RH apresentaram o resultado do trabalho proposto pela professora Carla Borges relacionado aos 12 desafios apresentados no evento 100% online e inédito “NASA International Space Apps” que reuniu mais de 6 mil brasileiros em maio deste ano e que contou com apoio da UniMAX e UniFAJ.

Os desafios se concentraram nos seguintes temas: Aprendendo sobre o vírus e sua propagação; Mudança local e soluções; Impactos do COVID-19 no sistema Terra; Oportunidade, impacto e recuperação econômicos durante e após o COVID-19.

Segundo a coordenadora do curso, foram escolhidos sete temas e os estudantes tiveram uma semana para desenvolver soluções, podendo acionar professores e pessoas externas para buscar respostas. “Diferente dos participantes do Hackathon, os alunos de RH não tiveram acesso aos dados da NASA, porém as soluções oferecidas foram muito parecidas das do pessoal que tinha acesso a essas informações”, destaca Carla Borges.

A apresentação também foi acompanhada pelo professor Jonival Côrtes, pela convidada externa Larissa Oliveira, que participou do evento da NASA, pela aluna do 1º semestre Esther Vieira e por Claudio Franchi Filho, diretor presidente dos Escoteiros Rosa dos Ventos de Indaiatuba.

Texto: Tatiane Dias – (MTB 67029)