Agende uma visita!


    UniFAJUniMAXFAAGROH

    Estudantes da área da Saúde debatem assuntos de grande importância em sala de aula

    As turmas do 1º semestre do curso de Fisioterapia, e do 3º semestre de Farmácia debateram importantes temas relacionados à Saúde em sala, na última quarta-feira, dia 2. Entre os temas sugeridos, foram escolhidos: aborto, legalização de drogas, eutanásia, gênero e identidade e suicídio. Além destes, foram indicados: células-tronco, manipulação genética, testes em animais, castração química, pena de morte, transplante/doação de órgãos e internação compulsória.

    As turmas foram divididas aleatoriamente em grandes grupos, que propuseram temas que poderiam ser objeto de debate, com uma única restrição: deveriam estar associados à Saúde. Dos temas apontados, cada estudante pode escolher três, e os mais votados foram escolhidos para nortear os debates.

    Em novos grupos foi escolhida pelos estudantes, a pergunta norteadora de cada tema, e subdivididos, os grupos, menores, tiveram que procurar as fontes iniciais de pesquisa para se posicionar a favor ou contra a pergunta norteadora.

    O professor responsável pela atividade, Luis Felipe Valle, professor de Ciências Sociais em Saúde nos cursos de Farmácia, Fisioterapia e Enfermagem salientou a intenção da mesma. “É fundamental tirar os estudantes de sua zona de conforto, levando-os a pensar em assuntos que talvez não façam parte de seu cotidiano, e flexionar seu pensamento e capacidade argumentativa para defender ideias diferentes, ou mesmo contrária às suas, em um exercício de pesquisa consciente e senso crítico. ”

    O professor também ressaltou que esta atividade foi uma boa oportunidade para que os estudantes manifestem os seus interesses.

    “Trata-se de uma oportunidade para que os estudantes manifestem seus interesses sobre assuntos envolvendo atualidades e saúde, mesmo que sejam polêmicos ou cercados por tabus, para que a academia seja um espaço de diálogo e pesquisa científica, senso crítico, bom senso e construção de conhecimento isento de preconceitos e intolerância”, pontua Luis Fellipe Valle.

    Na próxima terça-feira, 08, a turma de Enfermagem também receberá a mesma atividade em sala.

    Skip to content