Especialista fala dos desafios da educação no Brasil em Aula Magna na UniFAJ

Especialista fala dos desafios da educação no Brasil em Aula Magna na UniFAJ

Os desafios da educação na atualidade. Este foi tema de palestra do professor Dermeval Saviani, uma das mais importantes personalidades da área de Educação no Brasil, durante Aula Magna de Pedagogia da UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna) na noite desta quarta-feira, dia 27 de março, no Anfiteatro do Campus 2.

O especialista caracterizou a situação atual do setor no país, mencionando o tipo de sociedade que estamos vivendo atualmente. Tratou, ainda, dos desafios da educação. “O principal desafio é a universalização da educação, de modo especial, da educação básica, do ensino fundamental. Isso é algo que os principais países fizeram no final do século 19, países europeus e também os nossos vizinhos Uruguai, Argentina e Chile. Eles constituíram seus sistemas nacionais de ensino e universalizaram o ensino primário e, com isso, alfabetizaram toda a população. O Brasil não fez isso naquela época, foi adiando”, dissertou.

Professor Demerval ainda citou a falta de priorização da educação. “A educação é prioridade no discurso, todo mundo diz que é a coisa mais importante, mas quando se olha orçamento, não condiz. Há resistência das elites em assumirem a educação como prioridade”, criticou.

Para o especialista, eventos como o ocorrido nesta quarta-feira na UniFAJ são importantes para os futuros pedagogos terem consciência desses desafios e, por outro lado, se fundamentarem para enfrentar esses embates.

“O professor Demerval Saviani é fundamental para a gente compreender a educação brasileira. Além de ele ter tido forte participação na elaboração e na aprovação da nossa Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que por sua vez é baseada na Constituição Cidadã que garante uma série de direitos da nossa área, ele desenvolveu uma série de teorias pedagógicas para que a gente compreenda de uma forma ampla e profunda as formas nas quais a educação se faz presente na sociedade brasileira”, pontuou a professora Regina Maringoni, coordenadora do curso de Pedagogia da UniFAJ.

A docente afirma que o trabalho de Demerval Saviani tem importância tanto nas políticas públicas educacionais quanto para se conhecer as tendências de como ensinar na sala de aula. “Ele consegue, por meio dos estudos significativos que desenvolveu ao longo da sua vida acadêmica, implementar uma percepção que a gente pode utilizar de uma forma prática, direta, pensando os problemas educacionais na organização dos currículos, das posturas que devem existir dos professores com relação aos seus alunos, dentro de uma perspectiva histórica, social, ampla e profunda. Esse evento de hoje vem confirmar a qualidade, tanto teórica quanto prática, que a UniFAJ busca na formação dos alunos, futuros educadores, futuros professores”, declarou.

DERMEVAL SAVIANI

Dermeval Saviani possui graduação em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1966) e doutorado em Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1971). Em 1986 obteve o título de livre-docente; em 1990 foi aprovado no Concurso Público de Professor Adjunto de História da Educação da UNICAMP; e em 1993 foi aprovado no Concurso Público de Professor Titular de História da Educação da UNICAMP. Atualmente é professor aposentado da Universidade Estadual de Campinas, mas continua atuando como Professor Titular Colaborador Pleno do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNICAMP.

É Professor Emérito da UNICAMP, Pesquisador Emérito do CNPq e Coordenador Geral do Grupo de Estudos e Pesquisas “História, Sociedade e Educação no Brasil”; (HISTEDBR), tendo recebido o título de “Doutor Honoris Causa” da Universidade Federal da Paraíba e da Universidade Tiradentes de Sergipe. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Filosofia e História da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação brasileira, legislação do ensino e política educacional, história da educação, história da educação brasileira, historiografia e educação, história da escola pública, pedagogia e teorias da educação.