CompUniFAJ testa novo modelo de evento e tem saldo positivo

CompUniFAJ testa novo modelo de evento e tem saldo positivo

Os alunos do 6º semestre de Ciências da Computação da UniFAJ promoveram entre o dia 30 de outubro e 1 de novembro, a CompUniFAJ. O evento, que integra a grade curricular do curso, foi realizado no campus II do Centro Universitário reunindo centenas de alunos e também estudantes convidados da ETEC Pedro Ferreira Alves da cidade de Mogi Mirim. Além de um grupo de jovens que fazem cosplay e atração músical com o Alumni de Ciência da Computação, Jean Rodrigues.

No primeiro dia, o Rodrigo Scoralick Murta, diretor de Soluções Comerciais em América Latina na Anheuser-Busch InBev, esteve na UniFAJ palestrando sobre Tecnologia e Inovação. Já no dia 31, o tema da atividade foi o DBA (Administrador de Banco de Dados) Career e os Desafios com Cloud. O DBA Oracle Sênio, Marcus Vinicius Pedro, explanou sobre o assunto compartilhando suas vivências em mais de 14 anos trabalhando com produtos Oracle, especialmente o banco de dados.

Encerrando a programação 2019 da Semana Acadêmica de Ciência da Computação, os alunos puderam dividir-se nas quatro opções de Worskhops, sobre Design Thinking ministrado pela Solange Aguilera, o de Chatbot dado pelo Victor Shinya, teve o de IoT aplicado pelo Wellington Roque e de Virtualização-DOCKER feito pelo Higor Granzoto. Neste mesmo dia, um grupo de cosplay foram as atividades interagir com o público em comemoração ao Halloween, são eles: Mateus Antonio da Silva, Bianca Vieira, Isabella Scarlat Rocha Pereira, Flávia Lansa Manára, Cainã Soares del Passo e Pamela Gilli Bizigatto.

“Nesta edição da CompUniFAJ apresentamos as tecnologias discutidas e presentes nas grandes empresas de Tecnologia da Informação. A participação de excelentes profissionais das áreas de Computação em Nuvem, Internet das Coisas, Inteligência Artificial e Design Thinking, entre outras, foi muito enriquecedor para os alunos do Curso Ciência da Computação. Parabenizamos a todos os organizadores por nos permitir visualizar as diversas oportunidades na área da computação”, disse o coordenador e professor, Isaías Queiroz.

Para o aluno Nelson Nedis da Silva Junior que integrou a Comissão Organizadora, neste ano foi testado um novo modelo buscando vincular laços. “Pela primeira vez trouxemos para o evento uma instituição de ensino médio como convidada. Essa visibilidade aquece as inscrições para o curso e também aumenta o conhecimento da existência de um curso desse nível para os alunos formandos que ainda não sabem onde farão faculdade. Além de gerar benefícios para o próprio curso, esses eventos mostram para alunos que estão começando ou que estão em busca de um caminho de carreira qual a realidade do mercado”, disse.

A respeito da escolha dos temas, Nelson revela que a Comissão buscou temas que buscassem quebrar o paradigma de que a área de computação está relacionada apenas a códigos. “Os temas foram escolhidos por estarem muito presentes na realidade do mercado de trabalho, que exige um perfil técnico, mas também empreendedor, com visão e escolhas para a carreira. São temas que estão bem aquecidos no momento e os palestrantes foram escolhidos de acordo com os contatos, credibilidade e parcerias entre a instituição e professores do curso”, pontuou.