Chef Paty Sally considera planejamento e capacidade para lidar com o imprevisto essenciais para o trabalho com cozinha de eventos

Chef Paty Sally considera planejamento e capacidade para lidar com o imprevisto essenciais para o trabalho com cozinha de eventos

Curso de Gastronomia da UniMAX trouxe diversos profissionais para agregar conhecimento aos estudantes e apresentar suas experiências antes e pós pandemia de COVID-19

 

“Qual a diferença entre a cozinha de restaurante e a cozinha de eventos? ”, com esta pergunta o coordenador do curso de Gastronomia da UniMAX – Centro Universitário Max Planck de Indaiatuba, professor Caio Nunes iniciou a conversa com Patrícia Sally Pudlowski Cotrim (Paty Sally), Chef especializada em carnes (fogo de chão). Para ela, planejar e estar preparado para o improviso são essenciais para quem quer atuar em eventos de rua.

Com anos de experiência em restaurante e eventos, a Chef destaca alguns cuidados e preocupações necessárias, principalmente, para o trabalho fora de um ambiente fechado como a temática do evento e a escolha de cardápio condizente com a proposta do organizador; a decoração do estande/barraca também de acordo com o tema e que será o diferencial para atrair o cliente; estar preparado para imprevistos como ponto de água distante, condições climáticas adversas: chuva, vento, sol e calor excessivo, etc.; opções de fornecedores em outras localidades para suprir eventuais necessidades.

Paty considera que estar precavido, não desanimar, manter a alegria, ser criativo, ter tolerância e flexibilidade para minimizar transtornos são algumas características fundamentais do profissional que se propõe a trabalhar com eventos de rua.

A prudência em manipular todos os insumos diretamente no estande do evento também é uma recomendação da Chef. Ela ressalta que assim, há menos chances de perda de produtos por vencimento ou contaminação, evitando prejuízos financeiros.

Ela também falou sobre gerenciamento de equipes, custos e investimentos. Em todo o momento, os alunos interagiram com perguntas sobre o trabalho da Chef.

Leia também: Experiente em eventos gastronômicos, Chef Paty Sally conta superou os impactos do COVID-19

 Texto: Tatiane Dias – (MTB 67029)