Bolsa de Estudos: Alunos da UniFAJ e FAAGROH são aprovados no Programa Santander Graduação

Bolsa de Estudos: Alunos da UniFAJ e FAAGROH são aprovados no Programa Santander Graduação

Três alunas do Centro Universitário Jaguariúna – UniFAJ e um aluno da Faculdade de Agronegócios de Holambra – FAAGROH foram selecionados para o Programa Santander Graduação 2019, que oferece bolsas de estudos direcionadas preferencialmente a graduandos com excelente desempenho acadêmico.

A assinatura dos termos de adesão do programa aconteceu nesta quarta-feira, 23, no Campus 1, onde os estudantes Bárbara Sutto Bruins (Ciências Contábeis – UniFAJ), Luana Aparecida Buriol (Engenharia de Produção – UniFAJ), Tais Barbosa dos Santos (Administração – UniFAJ) e Tiago Felipe Do Couto Melo (Engenharia Agronômica – FAAGROH) oficializaram a conquista, acompanhados do diretor de unidade, Professor Hector Escobar, diretor Pedagógico na FAAGROH, Ronan Machado e também dos docentes e orientadores, Professor Vinicius Bastelli, Professor Geraldo Delgado e Professor Anderson Barros.

COMO FUNCIONA

Os universitários contemplados recebem uma bolsa-auxílio no valor de R$ 300,00 mensais durante o período de 12 meses. Nesse período os alunos devem dedicar seis horas semanais ou 24 horas mensais em trabalhos desenvolvidos na Instituição, focando em um projeto voltado a área de atuação do curso de cada aluno, podendo utilizar como suporte a Escola de Negócios da UniFAJ, a Fomentadora e o espaço Coworking, além de outros espaços e atividades que promovam a vivência no ambiente acadêmico.

EXPECTATIVAS

Para a aluna Luana Aparecida Buriol , Engenharia de Produção, a expectativa para os próximos 12 meses será de muito trabalho, buscando propagar a ciência e a tecnologia para crianças do ensino fundamental. “Participar deste projeto será algo muito gratificante. Espero conseguir que os alunos se interessem mais pela ciência, pois hoje em dia é uma preocupação, já que muitas pessoas acreditam que seja um assunto muito complexo. Espero que esse projeto incentive as pessoas a seguirem essa carreira no futuro”, disse.

Mesmo para aqueles que ainda não decidiram o tema de seu projeto, a expectativa é mais que favorável. É o caso das alunas Bárbara e Tais, que após assinarem o termo de adesão do programa mostraram-se desacreditadas com a conquista. “Há tantos projetos que estamos fazendo aqui na faculdade que ainda não defini qual irei apresentar. Fiquei muito contente em participar desse projeto, é uma coisa que eu não esperava. Eu fiz minha inscrição e fiquei muito surpresa quando fui convocada. Estou muito feliz”, destacou a graduanda em Administração, Tais.

“Ainda não tenho ideia de qual será o tema do meu projeto. É tudo muito novo e não esperava ser selecionada. Para mim foi uma grande surpresa”, contou Bárbara, aluna de Ciências Contábeis.

Já o único representante masculino, Tiago Felipe Do Couto Melo, aluno de Engenharia Agronômica, sabe muito bem o que quer. O estudante se prepara para um projeto ousado, voltado totalmente para a criação de abelhas. “Queremos desenvolver um projeto sobre a criação de abelhas sem ferrão. O intuito é aumentar a população das espécies dessas abelhas, desenvolvendo um projeto de pesquisa em cima do tema. Participar deste projeto será algo muito interessante, pois há uma demanda muito grande sobre as abelhas no mundo, não apenas pelo mel, mas também pela sua função na natureza”, frisou.