Artigo de Alumni da UniFAJ publicado na Intellectus é lido por mais de 200 pessoas

Artigo de Alumni da UniFAJ publicado na Intellectus é lido por mais de 200 pessoas

O Artigo Árvore Genealógica das profissões: uma estratégia para a construção do Projeto de Vida de Adolescentes, publicado na Revista Intellectus foi lido mais de 200 vezes desde março de 2020. Esse artigo é fruto da dissertação de mestrado do Alumine Patrick Pereira, que se graduou em Psicologia e depois se especializou em Psicopedagogia pela UniFAJ.

Patrick relata que sempre gostou da área de Pesquisa, e considera a possibilidade de seguir para o doutorado. Foi aluno de iniciação científica desde o segundo semestre, quando descobriu essa possibilidade de atuação, e fez parte dos grupos de estudos da UniFAJ desde antes da criação do NEPI-Núcleo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares, coordenado pela Profa. Dra. Ana Maria Girotti Sperandio.

“Os inúmeros aprendizados que tive com a Profa. Dra. Ana Sperandio e as orientações que recebi das professoras na iniciação científica e no TCC me preparam para seguir a carreira acadêmica. Graças a essas experiências que tive na UniFAJ, consegui entrar no mestrado logo depois que terminei a pós-graduação. O mestrado, orientado pela Profa. Dra. Leticia Lovato Dellazza Zanon da PUC-Campinas foi uma oportunidade de crescimento que possibilitou mais aprendizados que uso na minha clínica, no Espaço EscutArte, bem como nas escolas que atuo e no Centro Universitário que dou aulas.

Recomendo a todos os alunos de graduação que busquem o NEPI, é uma ótima oportunidade de expandir os conhecimentos e se preparar para o momento pós-faculdade. Além de estreitar vínculos profissionais importantes com os professores e adquirir novas visões de mundo que impactam positivamente na prática de qualquer profissão.” Ter um artigo publicado em uma Revista Conceituada como a Intellectus é um grande sinal de reconhecimento, e perceber que o artigo está sendo útil para tantas pessoas é muito satisfatório. O tempo que estamos vivendo mostra mais que nunca a importância das pesquisas científicas para a construção de um mundo melhor”.