Alumni de Direito é Promotor de Justiça em Socorro

Alumni de Direito é Promotor de Justiça em Socorro
Texto de Nathália Ferreira – MTB 86473/SP

Formado em Direito pela ainda Faculdade de Jaguariúna no ano de 2009, o promotor titular de Justiça, Rafael Amâncio Briozo atua desde 2013 na 2ª Promotoria de Justiça de Socorro e conta que a sua formação pela então FAJ, foi uma de suas melhores decisões. “Sem sombra de dúvida, a FAJ como excelente escolha para todos que pretendam o exercício profissional na área jurídica”.

O advogado foi aprovado no concurso público e dedica essa conquista a instituição de ensino, aproveitando para aconselhar os estudantes de Direito que desejam integrar a equipe do Ministério Público. “Aproveitem ao máximo o conhecimento que a Faculdade e seus professores lhes proporcionam, porque essa base é fundamental para o desafio do concurso público que seguramente é o mais difícil da área jurídica em todo o país”, revela Rafael.

O curso de Direito do Centro Universitário de Jaguariúna atualmente é o 2º melhor da Região Metropolitana de Campinas – RMC, com alta taxa de aprovação no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil e suas aulas são ministradas por advogados, promotores e juízes atuantes no Mercado de Trabalho, além de visitas técnicas ao decorrer dos cinco anos de graduação, como ao Supremo Tribunal de Justiça, em Brasília.

Vestibular de Inverno

A UniFAJ segue com as inscrições para o Vestibular de Inverno que tem as provas agendadas pelo site www.faj.br. O exame é aplicado todas as terças e quintas-feiras, às 19h, e aos sábados, às 9h30, no Campus II, à Rodovia Adhemar de Barros, SP-340, Km 127 Pista Sul, bairro Tanquinho Velho, Jaguariúna.

A taxa de inscrição é de R$ 30,00 ou trazendo 1kg de alimento não perecível, está isento do valor. Já os estudantes que fizeram o Enem ou concluíram o ensino médio por meio do exame estão isentos do exame. Portanto é necessário somente fazer a inscrição online e comparecer à Central de Atendimento de alguns dos dois campi da UniFAJ para se matricular.  Essa regra vale também para as pessoas que já fizeram uma ou mais graduações.