Solidariedade e amor ao próximo: Campanha para cadastrar doadores de medula é sucesso na FAJ!

Solidariedade e amor ao próximo: Campanha para cadastrar doadores de medula é sucesso na FAJ!

A Faculdade de Jaguariúna promoveu na noite da quarta-feira, 18, o cadastramento de aproximadamente 300 doadores de medula óssea. A ação foi realizada em parceria com o Hemocentro da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e de voluntários do grupo Pró-Medula.

A iniciativa tem como objetivo ampliar o número de doadores voluntários no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome), que atualmente conta com mais de 3,5 milhões de inscritos, elevando os índices e as chances de vida dos pacientes que necessitam do transplante.

Os doadores voluntários assistiram a uma palestra feita pela assistente social da captação de doadores da Unicamp, Roberta Aparecida dos Santos, preencheram um formulário no Anfiteatro do Campus II e em seguida passaram pela coleta de amostra de sangue. Após o exame, os dados do doador irão para o Redome.

“A gente trabalha para que o número de doadores aumente e para que aumentem as chances das pessoas poderem encontrar compatibilidade genética”, afirmou Roberta. O trabalho na FAJ envolveu uma equipe de 50 voluntários da própria Faculdade, do grupo Pró-Medula e do Hemocentro.

O diretor de Unidade da FAJ, Prof. Flávio Fernandes Pacetta, explicou que a iniciativa partiu dos cursos ligados à área da saúde, e em especial aos alunos de Medicina Veterinária. “Sabíamos da necessidade da ampliação do banco de doadores de medula óssea, e como só aqui no Campus II temos mais de 6 mil alunos, fizemos esse contato com a Unicamp e fomos muito bem recebidos”, afirmou.

Segundo o Prof. Flávio, a ideia também é levar para a comunidade acadêmica ações que possam reverberar para a sociedade. “O que conseguimos realizar com esse tipo de ação trazendo benefícios para a comunidade, em setores onde haja uma necessidade maior, a gente busca fazer”, afirmou.

O transplante de medula óssea é a única esperança de cura para muitos portadores de leucemias e algumas outras doenças do sangue. Para se cadastrar é necessário ter entre 18 e 55 anos de idade, estar em bom estado geral de saúde e não ter doença infecciosa ou incapacitante.

Em nome de toda a comunidade acadêmica, a FAJ parabeniza os alunos, professores e colaboradores pelo gesto de solidariedade e amor ao próximo, esperando que esta atitude possa se multiplicar e ajudar a salvar vidas. Doe vida você também!

(Com informações do jornal Correio Popular)

 

Erro na Galeria:
Nenhuma Galeria com ID 11 foi encontrada ou você ainda não criou álbuns para ela .

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful