Quatro dicas simples do LinkedIn para ajudar sua carreira

Quatro dicas simples do LinkedIn para ajudar sua carreira

Diretora da rede sugere que profissionais aprimorem seus perfis no site, aumentem a rede de contatos e ampliem as possibilidades de encontrar vagas

Se suas resoluções de Ano Novo incluem promessas de trabalho e metas, você não está sozinho. De acordo com a diretora de conexões do LinkedIn, Nicole Williams, resoluções profissionais estão em ascensão.

“O Ano Novo sempre tende a vir junto com um sentimento de otimismo. É um dos melhores momentos para investir tempo e energia em seu perfil, porque há mais possibilidades de contratação e headhunters procurando candidatos”, aconselha Nicole.

Veja a seguir quatro maneiras para aprimorar seu perfil no LinkedIn, reacender o relacionamento com suas conexões e seguir firme com as resoluções de 2013.

1. Inicie um grupo no LinkedIn
Existem milhares de grupos no LinkedIn para participar e você provavelmente pertence a um bom número deles. Mas, em 2013, Nicole recomenda tentar algo diferente: criar um grupo dedicado a perseguir objetivos profissionais.

“Lembre-se de que junto com o grupo, há certa responsabilidade. Envie uma mensagem para seus contatos e diga que você tem uma nova meta na carreira e gostaria que eles participassem do grupo”, ensina. “Use o espaço para debater ideias para o sucesso profissional e discutir temas como desafios e falhas. Seus contatos vão gostar que você está tomando a iniciativa”, recomenda.

Criar um grupo no LinkedIn é uma tarefa simples. Vá até a guia “Grupos” e selecione “Criar um grupo”. Preencha o formulário que pede para fazer upload de um logotipo, decidir sobre um nome e, em seguida, adicione uma descrição resumida, além de permissões de acesso. O grupo pode ser aberto a qualquer pessoa ou pode ser acessado apenas por convidados.

2. Seja o espelho de alguém que admira
Se você sabe onde está em sua carreira e onde quer chegar nos próximos anos, mas não tem certeza de como chegar lá, Nicole sugere encontrar alguém no LinkedIn que admira. Olhe seu perfil e acompanhe sua trajetória.

 

“Você não quer reinventar a roda quando se trata de trajetória. Sendo assim, identifique três ou quatro pessoas que estão passos à frente de você e chegue até eles”, explica. “Digamos que você admira o trabalho deles e que eles estão fazendo algo que você quer fazer. Eles possivelmente podem responder perguntas que você tenha.”

Quando estiver conectado com essa pessoa, verifique suas atualizações para ver que tipos de artigos ela lê, qual universidade estudou, a quais grupos pretence e suas conexões, recomenda.

3. Atualize seu perfil
Reserve algum tempo para analisar o seu perfil, preencha todos os espaços em branco e atualize as informações, diz Nicole. Dê atenção especial ao perfil e à experiência de trabalho anterior.

Foto do perfil: um perfil com foto tem sete vezes mais chances de ser visto, destaca Nicole. Mas a foto tem de refletir uma energia positiva. “Certifique-se de que você está sorrindo e tem vida nos olhos. Uma imagem que certamente não é a mesma que a do seu passaporte”, brinca.

Experiência de trabalho anterior: se você incluir apenas a experiência profissional mais recente no perfil do LinkedIn está fazendo um desserviço a si mesmo, comenta Nicole. Certifique-se de preencher o perfil com toda a experiência e habilidades relevantes.

“Seu perfil do LinkedIn deve ser o oposto de seu currículo, que é onde o profissional normalmente lista a experiência mais recente de trabalho,” diz Nicole. “Para contratar gerentes é preciso pesquisar seus últimos dez anos da trajetória profissional. Assim, se seu perfil não tem informações de longa data, você pode perder oportunidades”, alerta.

Mesmo que você não considere que uma experiência do passado seja relevante para o que está fazendo hoje, não a descarte do perfil, prossegue. “Nunca se sabe se passado vai ser de interesse para um recrutador. Coloque o máximo de informações para ter certeza de que você é identificável e pode ser rapidamente encontrado”, diz.

4. Estabeleça novas conexões
Quando se trata de conexões no LinkedIn, indica Nicole, você deve ter ao menos 50 pessoas. Ao alcançar a marca de 50, é possível tirar melhor proveito dos relacionamentos, que são conexões de segundo ou terceiro grau.

“Estabeleça conexões significativas”, destaca. Por fim, ela também recomenda estabelecer constantes diálogos com as conexões que você já tem. “Reconstrua um relacionamento e envie um artigo que você leu e gostou”, exemplifica. “É importante manter essas conexões no caso de precisar delas mais tarde”, finaliza.

Fonte: IDGNow

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful