PIC – PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

O Programa de Iniciação Científica (PIC) é um programa de pesquisa que visa despertar a vocação científica e oportunizar a expansão de conhecimento de potenciais estudantes de graduação sob a orientação de docentes qualificados, adquirindo assim aprendizagem de técnicas, métodos e desenvolvimento de pesquisa.

 

 

Objetivos ao Docente

  • Estimular professores e pesquisadores a se engajarem, no processo de produção de conhecimento novo.
  • Estimular o aumento da produção científica;
  • Incentivar o envolvimento de docentes em atividades de pesquisa de iniciação científica e de orientação discente;
  • Melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem.

Orientação de Iniciação Científica

Ao Professor-Orientador é atribuída a carga horária de 01 (uma) hora acadêmica por mês de orientação por trabalho orientado, sendo permitida a orientação de até 10 (dez) grupos simultaneamente.

Regras para orientação

As orientações podem ser presenciais e virtuais, porém é obrigatório que as orientações presenciais aconteçam pelo menos 01 (uma) vez ao mês, em data acordada entre o Orientador e Orientado(s).

Esse encontro é fundamental para que seja preenchido do Relatório Mensal PIC (Anexo III), necessário para o registro de Orientação e pagamento do Orientador


 

Compete ao professor orientador:

Elaborar o plano de atividades a serem desenvolvidas pelo aluno;

Responsabilizar-se pela aferição da frequência e pelo cumprimento da carga horária semanal de atividades do aluno;

Orientar o aluno nas distintas fases do trabalho a ser desenvolvido, no âmbito do respectivo projeto, incluindo a elaboração de relatórios parciais e final, assim como de instrumentos para apresentação em seminários, congressos e demais reuniões acadêmico-científicas;

Nas publicações e trabalhos apresentados, indicar, nominalmente, os alunos participantes do projeto;

Comunicar à Diretoria da Faculdade qualquer fato, sugestão ou irregularidade, relacionada com as atividades dos alunos participantes do Programa de Iniciação Científica;

Manifestar-se mensalmente sobre o rendimento do aluno por ele orientado, para a hipótese de continuidade ou de desligamento do Programa;

Acompanhar as exposições dos relatórios técnicos parciais e final dos alunos, por ocasião do ENIC.

O professor-orientador deixa de ter essa condição, caso o aluno seja desligado do programa ou deixe de ter orientação específica na respectiva área ou tema.

Diretrizes para seleção do aluno

  • Ter concluído, sem reprovação, o semestre anterior ao da inscrição no programa;
  • Ter eliminado através de equivalências ou disciplinas em horários especiais, dependências de anos anteriores;
  • Comprovar disponibilidade para dedicação ao projeto de pesquisa, com jornada de pelo menos 05(cinco) horas semanais, para desenvolvimento das atividades, na faculdade, mediante assinatura de presença, frente ao orientador do estudante.

 

Bolsas

Além do estimulo ao desenvolvimento da criatividade e do pensamento científico o Programa de Iniciação Científica beneficia os alunos com bolsas de estudos estimadas de 20% na mensalidade.

 

 

Inscrição

O processo de inscrição e seleção para a bolsa por Pesquisa e Iniciação Científica ocorre até 2 vezes por ano, nos meses de fevereiro e agosto, e conta com mais de 40 vagas, podendo ser contemplando bolsas ou voluntárias.

 

 

Divulgação do Edital

As divulgações das vagas de PIC são feitas através de editais disponibilizados no site da Instituição, nos murais, e-mail marketing e através dos coordenadores.

 

 

Normas ABNT

Fluxograma

  1. DIVULGAÇÃO DO EDITAL – Fevereiro/Agosto
  2. INSCRIÇÃO DO ALUNO – Entrega do formulário, Briefing e/ou anteprojeto, Currículo Lattes e Histórico Escolar da graduação.
  3. APROVAÇÃO DO PROJETO – Análise curricular (40%); Análise do Projeto de Pesquisa (30%); Entrevista e/ou prova (30%).
  4. ALUNO COM BOLSA – No período de 1 ano (exceto meses de matrícula) o aluno têm o desconto na mensalidade.
  5. ALUNO SEM BOLSA – Cumprimento de todas as etapas do processo igualmente ao aluno com bolsa.
  6. FICHA DE ACOMPANHAMENTO – Mensalmente o aluno deve entregar no NUCA de seu campus a atualização do trabalho
  7. CONGRESSOS E PUBLICAÇÕES – Os alunos do PIC participam do ENIC e CONIC, podendo ainda, submeterem seus projetos a INTELLECTUS

Informações

  1. Quem pode participar?
  2. Qual o requisito para participar de uma pesquisa científica?
  3. Como é feito a inscrição?
  4. O que é linha de pesquisa?
  5. Qual a responsabilidade do professor Orientador?
  6. Posso concorrer à bolsa de iniciação científica?
  7. Quais documentos são necessários para inscrição?
  8. Quais são os critérios de avaliação para as bolsas?
  9. Há algum impedimento para se obter a bolsa?
  10. Como é o programa de bolsa?
  11. Quais os deveres a que está obrigado o bolsista ou o aluno envolvido em iniciação científica?
  12. O não cumprimento dos deveres poderá cancelar a bolsa?
  13. Se eu não ganhar bolsa de iniciação científica, devo parar o projeto?
  14. Ao final do projeto, receberei algum comprovante?
  15. Ao final do projeto, é necessário apresentar no ENIC?
  16. Posso renovar minha bolsa de iniciação científica?
  17. Posso participar simultaneamente de dois projetos de pesquisa?
  18. O projeto executado poderá ser validado como TCC?
  19. Quais os benefícios para quem realiza pesquisa científica?
  20. Como consigo publicar minha pesquisa científica na Revista Intellectus?

 

  1. Quem pode participar?

Todos os alunos regularmente matriculados na Instituição.

  1. Qual o requisito para participar de uma pesquisa científica?

Ter concluído, sem reprovação, o semestre anterior ao da inscrição no programa;

Ter eliminado através de equivalências ou disciplinas em horários especiais, dependências de anos anteriores;

Comprovar disponibilidade para dedicação ao projeto de pesquisa, com jornada de pelo menos 05(cinco) horas semanais, para desenvolvimento das atividades, na faculdade, mediante assinatura de presença, frente ao orientador do estudante.

  1. Como é feito a inscrição?

Inicialmente você deve procurar um professor do seu curso que esteja disposto a ser o seu orientador, definir com o mesmo o Tema e a Linha de Pesquisa que pretende seguir.

  1. O que é linha de pesquisa?

Linha de pesquisa é o tema ou assunto pesquisado pelo grupo, de onde se originam projetos cujos resultados guardam afinidades entre si. Um mesmo grupo de pesquisa pode ter uma ou mais linhas de pesquisa. O grupo e as linhas de pesquisa são ditos “institucionais” quando oficialmente reconhecidos e aprovados pela instituição.

  1. Qual a responsabilidade do professor Orientador?

O professor orientador fica responsável de elaborar o plano de atividades a serem desenvolvidas pelo aluno; Orientar o aluno nas distintas fases do trabalho a ser desenvolvido, no âmbito do respectivo projeto e Acompanhar as exposições dos relatórios técnicos parciais e final dos alunos, por ocasião do ENIC.

  1. Posso concorrer à bolsa de iniciação científica?

Sim. Semestralmente são divulgados editais de iniciação científica, sendo em Fevereiro e Agosto as inscrições para bolsas de 20% ou vagas voluntárias de pesquisas.

  1. Quais documentos são necessários para inscrição?

(1º) Ficha de Inscrição PIC, (Anexo I), onde necessita ser preenchido o nome do aluno que se candidatará a bolsa, o curso, o título, a linha de pesquisa, o nome do orientador e até 03 (três) outros alunos como voluntários no projeto.

(2º) Briefing e/ou anteprojeto (Anexo II), contemplando os seguintes itens:

  1. “Justificativa”, indicando os motivos da preferência pelo assunto escolhido;
  2. “Objetivos”, indicando o que pretende conseguir com a investigação a ser realizada;

III. “Questão Central”, indicando qual problema será investigado ou qual questão será respondida pela investigação;

  1. “Metodologia”, indicando o tipo de pesquisa que será adotado e as técnicas que serão utilizadas;
  2. “Resultados”, listando os resultados esperados;
  3. “Bibliografia”, listando as publicações que poderão embasar a pesquisa.

(3º) Currículo Lattes:

O Currículo Lattes registra a vida pregressa e atual dos alunos e docentes pesquisadores, sendo elemento indispensável à análise de mérito e competência dos projetos de pesquisa. Você poderá efetuá-lo pelo site http://www.cnpq.br ou acessando http://www.unifenas.br/pesquisa.

(4º) Histórico Escolar (graduação)

Solicitar na Central de Atendimento ao Aluno de seus Campus.

  1. Quais são os critérios de avaliação para as bolsas?

Análise curricular (40%);

Análise do Projeto de Pesquisa (30%);

Entrevista e/ou prova (30%).

  1. Há algum impedimento para se obter a bolsa?

Você não poderá possuir vínculo empregatício ou acumular bolsas.

  1. Como é o programa de bolsa?

Aos alunos que não possuem qualquer outro tipo de bolsa é submetido normalmente na mensalidade o desconto de 20%, porém aos alunos que já possuem algum tipo de bolsa deverão seguir os critérios abaixo:

PROUNI FEDERAL – BOLSA DE 100% – Solicitar a exclusão da bolsa PIC e continuar exercendo, de forma voluntária, suas atividades no projeto de pesquisa para o qual foi classificado, cumprindo todas as obrigações previstas nesta Circular Normativa.

PROUNI MUNICIPAL – BOLSA DE 70% – Manter a porcentagem da bolsa PROUNI MUNICIPAL, além de obter a bolsa PIC com a porcentagem contemplada sobre o montante dos 100% da mensalidade;

FIES – menor que 100% – Manter a porcentagem do FIES, além de obter a bolsa PIC com a porcentagem contemplada sobre o montante dos 100% da mensalidade;

FIES – 100% – Solicitar a exclusão da bolsa PIC e continuar exercendo, de forma voluntária, suas atividades no projeto de pesquisa para o qual foi classificado, cumprindo todas as obrigações previstas nesta Circular Normativa.

BOLSAS DE OUTRA NATUREZA – Manter a porcentagem da bolsa, além de obter a bolsa PIC com a porcentagem contemplada sobre o montante dos 100% da mensalidade;

PIC VOLUNTÁRIO – Em caso de interesse em participar do programa voluntariamente, o aluno deverá obedecer as disposições desta normativa, exceto o que corresponde a bolsa.

  1. Quais os deveres a que está obrigado o bolsista ou o aluno envolvido em iniciação científica?

O aluno vinculado ao Programa de Iniciação Científica deve cumprir, em horário não conflitante com o de suas aulas, no recinto da Faculdade, a carga horária semanal mínima de 05(cinco) horas, durante o período de designação para atuar no projeto de pesquisa para o qual tenha sido selecionado.

A frequência às atividades é controlada por instrumentos próprios, sob responsabilidade do professor-orientador ou Coordenador.

  1. O não cumprimento dos deveres poderá cancelar a bolsa?

O aluno participante do Programa de Iniciação Científica pode ser desligado de sua função, a qualquer tempo, por ato do Coordenador, nos seguintes casos:

Quando vier a sofrer pena disciplinar;

Por proposta do Professor Orientador ou do Coordenador, por desídia ou não cumprimento dos prazos e planos aprovados ou não entrega do relatório das suas atividades;

Por solicitação do próprio aluno.

  1. Se eu não ganhar bolsa de iniciação científica, devo parar o projeto?

Não. Você poderá executá-lo enquadrando-se no Programa Institucional Voluntário de Iniciação Científica.

  1. Ao final do projeto, receberei algum comprovante?

Sim. Receberá um certificado emitido pela Instituição.

  1. Ao final do projeto, é necessário apresentar no ENIC?

Sim. Todos os Trabalhos do Programa de Iniciação Científica são, obrigatoriamente, apresentados no ENIC (Encontro de Iniciação Científica), em forma de pôster dialogado. Mais informações no link do ENIC: http://www.faj.br/programas-academicos/nucleo-de-pesquisas/enic/

  1. Posso renovar minha bolsa de iniciação científica?

Pode. Mas deverá submeter complementação do projeto executado ou novo projeto a novo Edital de Bolsas, concorrendo novamente.

  1. Posso participar simultaneamente de dois projetos de pesquisa?

Sim. Desde que tenha disponibilidade para a correta execução dos dois, sendo que você poderá concorrer a apenas uma bolsa de iniciação científica.

  1. O projeto executado poderá ser validado como TCC?

Apenas o coordenador do curso poderá validar esta ação.

  1. Quais os benefícios para quem realiza pesquisa científica?

Os alunos envolvidos em pesquisa científica desenvolvem maior capacidade de compreensão dos fatos, maior interesse pela pesquisa e estudo científico, além de poderem submeter seu projeto de pesquisa na revista Intellectus da Instituição.

  1. Como consigo publicar minha pesquisa científica na Revista Intellectus?

Para a avaliação da Revista são utilizados os critérios listados na página da Revista Intellectus: Click Aqui

ORGANIZAÇÃO E COORDENAÇÃO

Mariély Alves Guerreiro – tcc.mariely@faj.br

Márcia Lima Bortoletto – programasacademicos@poliseducacional.com.br.

calendarioInfraestrutura

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful