Professores e alunos da FAJ participam da Olimpíada Rio 2016

Professores e alunos da FAJ participam da Olimpíada Rio 2016

Profissionais foram convidados para trabalhar como gerentes e coordenadores de equipes

Mais de 11 mil atletas de 200 países participam dos Jogos Olímpicos Rio 2016, e durante 19 dias (de 5 a 21 de agosto) vão disputar 306 provas que valem medalhas: 136 femininas, 161 masculinas e nove mistas. Treinamento, concentração, alimentação adequada e descanso fazem parte da rotina dos competidores que buscam os melhores resultados. E para que eles tenham estes momentos, é necessária uma equipe de apoio, que não se restringe apenas à comissão técnica, mas a centenas de profissionais dispostos a atender todas as necessidades dos atletas.

O time de profissionais que atuam nos bastidores dos Jogos Olímpicos pelo Brasil conta com professores e ex-alunos do curso de Educação Física da Faculdade de Jaguariúna – FAJ, que foram convidados para trabalhar como gerentes e coordenadores de equipes, entre outras funções. Daniel Voltan, professor da FAJ, vai fazer arbitragem da Paraolimpíada; professor João Guilherme Chiminazzo vai atuar como gerente de Operações Técnica nas Olimpíadas; Fred Scheltinga, ex-aluno da FAJ, atleta e docente, será team liaison (ligação da equipe) do time nigeriano masculino de basquete nos Jogos Olímpicos, e a aluna Juliana Fonseca vai atuar na escolta dos atletas no antidoping na modalidade do ciclismo na Olimpíada.

João Guilherme Chiminazzo será o gerente de Operações Técnica (TOM em inglês) do grupo de badminton, sendo o responsável pela coordenação que atua diretamente na arena de jogo, na área de aquecimento e na área de treinamento.

O docente tem conhecimento sobre a modalidade de badminton desde 2009 e já trabalhou com equipes da cidade de Campinas, além de exercer a função de coordenador técnico na Confederação Brasileira de Badminton durante 3 anos.

“Eu me envolverei com toda a questão técnica ligada à modalidade, montagem e desmontagem de toda estrutura da instalação, coordenar o bom funcionamento das quadras de treinamento, aquecimento e jogo, além de garantir o respeito às regras olímpicas em geral na área de competição”, explica.

Ele espera que essa edição do evento seja enriquecedora. “Como um profissional da área que é apaixonado pelo esporte, como professor universitário e pesquisador, tenho convicção de que participar e colaborar neste extraordinário evento, também histórico para o nosso país, frutifica um ganho de conhecimento imenso, tanto profissional, quanto acadêmico e pessoal”, aponta.

Para Fred Scheltinga, que atua há 20 anos no basquete, “só a chance de poder participar da organização de um esporte do qual realmente gosta já oferece uma sensação de dever cumprido.”

O docente garante que essa será uma experiência única e inesquecível. “Com certeza este período no Rio de Janeiro vai agregar muito no meu futuro como técnico da modalidade. Gostaria muito de agradecer também a ex-professora da FAJ Ylane Pinheiro que me deu toda a força possível para que isto se tornasse realidade”, comenta.

O profissional será responsável pela organização logística de treinos e de jogos. “Minha expectativa quanto ao time nigeriano é que consiga se classificar para a segunda fase da competição, estando entre os quatro primeiros do grupo, mas sem desclassificar o Brasil”, diz.

JOGOS PARALÍMPICOS

Trabalhando como árbitro na modalidade de goalball nas Paraolimpíadas, está o docente da FAJ Daniel Voltan. Ele informa que neste evento apitará direto em quadra e que na modalidade há três níveis de arbitragem, sendo que somente o nível 3 é apto para atuar em quadra nos Jogos Paralímpicos e Mundiais.

O profissional tem vasta experiência em jogos da modalidade, tendo atuado nos Mundiais da Federação Internacional de Esporte para Cegos (IBSA – Sigla em inglês), Mundial de Goalball e Jogos Parapanamericanos. “Estou muito ansioso com este processo, será uma experiência enriquecedora participar desta edição histórica”, diz.

Os Jogos Paralímpicos acontecem de 7 a 18 de setembro, com mais de 4 mil atletas de 176 países, que vão competir em 528 provas de 23 esportes.

 

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful