Aluno graduado no curso de Psicologia da UniFAJ é o novo psicólogo do time da Ponte Preta

Aluno graduado no curso de Psicologia da UniFAJ é o novo psicólogo do time da Ponte Preta

O alumni de Psicologia da UniFAJ, Renato Melo, é o novo psicólogo esportivo da Associação Atlética Ponte Preta, local em que ele trabalhará aproximadamente com 120 atletas, nas categorias de base.

Renato conta que seu interesse pela psicologia esportiva vem desde uma aula magna oferecida pelo curso na UniFAJ, ministrada pela profissional Simone Sanches, que acabou inspirando também o tema do seu TCC. “Foi na realização do TCC sobre psicologia do esporte com dois amigos de classe que ficou claro para mim que eu atuaria na área do esporte”, conta.

O alumni Renato explica também que recebeu auxilio dos seus antigos professores. “Um dia recebi uma ligação da coordenadora do curso de psicologia [Vanessa Cabrelon Jusevicius] da qual me graduei, falando sobre uma vaga de emprego como psicólogo no time de futebol Ponte Preta, e pediu para que eu entrasse em contato com Ricardo Rosalino (meu professor durante graduação) que atua no time e dias depois recebi um convite para um processo seletivo na qual fui contratado”.

Ele aponta que seu processo de ingressão na área começou ainda na sua graduação, após uma palestra na UniFAJ que conheceu o  Grupo de estudos em Psicologia do Esporte e Neurociência – GEPEN, da Unicamp, da qual hoje é membro.

Renato também é colaborador do grupo Flow, que trabalha com consultoria em psicologia esportiva, sendo supervisionado pelos profissionais Marta Minopoli e Yan Cintra, além de participar da Associação Paulista da Abordagem Centrada na Pessoa, de ser membro da comissão Organizadora do VI Fórum da APACP e participante do grupo de estudos e supervisão em Psicologia Clínica com o docente da UniFAJ, Clóvis Costa.

Durante todo o seu processo de especialização, o ex-aluno afirma ter contado com o apoio de muitas pessoas, como o de sua família e dos profissionais da área. “Esse profissionais são importantes para mim, carrego comigo muita gratidão e divido com eles minhas conquistas”.

Ao finalizar, Renato conta que seu amor pela área da psicologia esportiva foi uma sensação  gradual. “Sempre busquei para minha vida deixar um legado na qual eu me veria satisfeito ao olhar para o passado. Direcionar a psicologia ao esporte foi uma afinidade que veio a se tornar amor, meu gosto crescia cada vez mais que eu aprendia sobre o tema, e em um determinado momento soube que era isso que eu queria para o resto da minha vida”, afirma.

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful