FAJ promove ações em suas unidades no Dia Internacional da Mulher

FAJ promove ações em suas unidades no Dia Internacional da Mulher

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a Faculdade de Jaguariúna promoveu nos três campi atividades de reflexão e diversão.

Na unidade I, houve uma Mesa Redonda sob o tema “O Que é Ser Mulher?” com o objetivo de debater entre docentes e alunos sobre os direitos femininos e suas lutas. A atividade contou com a presença da professora de Direito Penal, Drª Camila Andressa Guerreiro, que ocupou a função de mediadora e também é integrante do Grupo de Estudos Mais Marias – NEPI e Maria Itinerante, a docente do curso de Ciências Contábeis, a Eliane Camacho e a Hellem Albino, professora de Psicologia Jurídica. A última integrante foi a aluna do 7º semestre de Direito, Amanda Dalarme, que é uma das idealizadoras do projeto Maria Itinerante que visa combater a violência doméstica e familiar por meio de orientações jurídicas.

A colaboradora da FAJ responsável pelo Departamento Sociocultural, Natália Marangão, abriu o debate explicando aos alunos a importância do evento e os convidou para propor a instituição mais atividades como esta. “Será que a gente conhece às mulheres? Quais são as referências de mulheres fortes que temos? É para refletir sobre isso que estamos gerando esse momento de discussão”, disse Natália.

A mediadora da Mesa Redonda, Drª Camila relembrou a trajetória de vida da Maria da Penha Maia Fernandes, grande influenciadora para a criação da Lei Maria da Penha 11.340/2006, que protege as mulheres que sofrem violência doméstica e familiar. A docente convidou os homens a participarem do debate para todos exporem seus pensamentos e opiniões. “Não é um questionamento só de mulheres, somos todos um só e na constituição nós somos iguais perante a lei”, afirmou.

A professora de Psicologia Jurídica, Helem Albino trouxe ao debate o lado da psicanálise, lembrando que Freud costuma ser criticado ainda hoje pelo fato de sua obra ser considerada machista por conta de conceitos como “inveja do pênis” e outros, muitas vezes interpretados erroneamente. No entanto, a psicanálise, a obra de sua vida, teve início a partir da investigação de sintomas femininos como os da histeria, mal que acometia muitas mulheres da sua época e estava associado a um contexto cultural extremamente repressor da sexualidade feminina. Nos sintomas dessas mulheres, Freud viu angústias, amores e ódios que não tinham vazão e, então, passou a dar voz a esses sofrimentos. Mas o feminino ainda parece causar perplexidade. Em seus últimos anos, na década de 30, numa carta à sua discípula Marie Bonaparte, Freud indaga: ‘Afinal, o que querem as mulheres?’

 “Não é um dia só de ganhar flores, mas de reflexão”, concluiu a docente.

Espero que após a atividade nós tenhamos conseguido ajudar as pessoas a se questionarem e provocar alguma transformação. Esse bate-papo informal proporcionou mais visibilidade sobre ao assunto, colaborando com a formação de um espírito de solidariedade social”, frisou Helem.

Os alunos participaram da Mesa Redonda relatando casos onde as empresas na hora de contratação discriminam o sexo feminino pelo fato de serem mães ou de ter a possibilidade de engravidar enquanto está empregada.  Outra estudante também fez o uso da palavra para demonstrar sua indignação ao relatar que ouviu duas jovens de aproximadamente 17 anos se questionarem o porquê do Dia Internacional da Mulher e a inexistência de uma data voltada aos homens.  “Elas não tinham conhecimento algum sobre a luta das mulheres. Se tivessem nas escolas debates como este que FAJ está realizando, seria maravilhoso”, finalizou a aluna.

Dando sequência a atividade, a professora Eliane Camacho revelou acredita que há muito que lutar ainda, mas que se sente feliz ao entrar na sala de aula e ver que a maioria são alunas.

No início da noite no Campus I, a cantora Camila Barreto animou os estudantes com canções relacionadas às mulheres e os alunos de Direito distribuíram panfletos informativos pela unidade.

Foram disponibilizados no Campus I e II, murais interativos para os alunos responderem o questionamento “Ser Mulher É…”.

Na Interclínicas, os alunos de Enfermagem distribuíram folhetos comemorativos e a artista Yolanda Maria ficou responsável pela trilha sonora.

No campus II, as atrações musicais ficaram por conta da Yolanda Maria e a dupla Le Jou e Marina Tavares, além de ter a Mesa Redonda que ficou por conta da coordenadora de Ciência da Computação, Me. Patrícia Bonezi, a docente do curso de Pedagogia e integrante do Grupo de Estudos Mais Marias – NEPI, Dra Regina Maringone, e a Me. Daniela Baragatti, que dá aulas para os alunos de Enfermagem. A mediação ficou por conta na coordenadora de Arquitetura e Urbanismo, Denise Geribello.

“Cada uma das convidadas tratou da inserção da mulher em sua área profissional, além de abordar questões mais amplas, como, por exemplo, as origens da associação das cores rosa e azul para meninas e meninos, mencionada pela Profa. Dra. Regina Marigone. Tal relação é criada após a Segunda Guerra Mundial, tendo como referência a cor do uniforme dos soldados britânicos (azul) como símbolo de masculinidade e o rosa, utilizado nas roupas de bonecas feitas de retalhos, como uma representação feminina. Além de chamar atenção para diferenciações de gênero presentes na sociedade contemporânea, as professoras apontaram iniciativas que buscam reverter a situação”, avalia a docente Denise.

A campanha comemorativa do Dia da Mulher FAJ teve uma temática questionadora, com o objetivo de reflexão sobre as mulheres em nossa sociedade. Nesse sentido, os materiais de divulgação contaram com as imagens da ilustradora Raquel Vitorelo, artista multimídia formada em Comunicação e Multimeios na PUC-SP, co-criadora da Revista Farpa, voltada para a veiculação e divulgação de arte feita por mulheres, diretora e produtora do documentário Mulheres Desenhadas e do projeto de ilustrações Coisa de Mulher, um trabalho de resgate e homenagem de mulheres históricas.

 

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful