FAJ estreia neste sábado, 23, o projeto ‘Colóquios Filosóficos’ com participação da comunidade

FAJ estreia neste sábado, 23, o projeto ‘Colóquios Filosóficos’ com participação da comunidade
Por Bruno Felisbino
A FAJ inicia no próximo sábado, 23 de março, no Campus I, mais um projeto de caráter inovador voltado ao mesmo tempo para o complemento da formação acadêmica, cultural e filosófica dos estudantes e o envolvimento da comunidade externa em debates e reflexões sobre temas inquietantes do mundo atual.

O projeto “Colóquios Filosóficos”, organizado pelo professor do curso de Administração Alberto Carlos Paschoaletto e coordenado pelo Prof. Osmil Garcia, em parceria com disciplinas do Programa de Atividades Complementares dos cursos da Instituição, insere-se no programa social global da FAJ. A iniciativa vai colocar em debate temáticas que buscarão aproximar o contato de alunos, professores, funcionários e comunidade com as questões filosóficas de nosso tempo. Isso será feito através de exposições e mesas de debates que irão estimular reflexões acerca do desenvolvimento sustentável e qualidade de vida, em âmbito regional.

O primeiro colóquio, no Anfiteatro do Campus I, trará o tema “Indústria Cultural e Cidadania”, através da abordagem sobre as diferentes mídias e tecnologias e suas muitas influências na sociedade pós-moderna. A participação é gratuita e aberta a todos os interessados. Como atividade complementar, os estudantes da FAJ terão aproveitamento de 15 horas por participação, com limite de presença em dois módulos por semestre.

“Nosso objetivo é promover o diálogo entre filosofia e educação. Os colóquios têm como público-alvo os acadêmicos da FAJ, professores e alunos da rede pública e privada de ensino e demais interessados, pois se trata de evento aberto à comunidade visando criar um significativo impacto na formação crítica, cultural e reflexiva dos participantes sobre a sociedade e o indivíduo”, explica o Prof. Paschoaletto.

OFICINAS CULTURAIS
Os Colóquios Filosóficos acontecem mensalmente, simultaneamente ao projeto “Oficinas Culturais”, também conduzido pelo Prof. Paschoaletto, em datas alternadas. Os temas abordados nas Oficinas são relacionados com as questões de identidade, pertencimento, cidadania, desenvolvimento sustentável, projetos de vida, contemporaneidade, regionalismo, entre outros. “As oficinas são oportunidades para dialogarmos sobre a dignidade da pessoa e os direitos dos indivíduos, analisando os propósitos e fins do desenvolvimento humano”, define Paschoaletto.

A primeira Oficina de 2013 foi realizada no sábado, dia 9, também no Campus I, com a participação de 36 pessoas que assistiram e em seguida debateram sobre o filme “O Enigma de Kaspar Hauser”, cuja história propõe uma reflexão para muitos campos da ciência, cultura, organização social, sobre relacionamento e rejeição, entre outros aspectos relacionados às ciências humanas. A próxima oficina, também aberta ao público, será realizada no dia 13 de abril com a apresentação filme “À Procura da Felicidade”, que trata de superação, persistência e perseverança.

A ideia dos organizadores é envolver cada vez mais a comunidade com os projetos das Oficinas Culturais e Colóquios Filosóficos. Para isso, o Prof. Paschoaletto pretende buscar parcerias com as secretarias de Educação e Cultura dos municípios próximos, convidar os professores e alunos da rede de ensino municipal e multiplicar o alcance da iniciativa para além dos muros da faculdade. “Queremos abrir as portas de nossa Instituição para a sociedade em geral participar desses encontros e elevar o nível dos debates que estamos propondo”, comenta.

 

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful