Atuação do perito contábil foi tema de palestra no Anfiteatro do Campus I

Atuação do perito contábil foi tema de palestra no Anfiteatro do Campus I

Ações que envolvem levantamento de perdas e danos, revisão de encargos financeiros ou prestação de contas são os casos mais comuns que necessitam da presença de um perito contábil. A atuação deste profissional, que é cada vez mais indispensável para a solução de litígios na Justiça, foi tema de palestra ocorrida na quarta-feira, 10, no Anfiteatro do Campus I da Faculdade de Jaguariúna, para uma plateia de aproximadamente 200 pessoas, formada por coordenadores, professores e alunos do 2º, 4º, 6º e 8º semestres de Ciências Contábeis, da primeira turma de formandos do curso (de 2008) e do último semestre do curso de Direito.

Com mais de 12 anos de experiência na área de perícia econômico-financeira e contábil, o professor Paulo Cordeiro de Mello, perito judicial, economista e contador graduado pela PUC-SP, com pós-graduação em Avaliações Periciais Contábeis pela Fecap e autor do livro “Perícia Contábil”, discorreu sobre detalhes do campo de atuação do perito e expôs as oportunidades que se apresentam aos contadores que pretendem atuar na área.

“O perito é chamado para esclarecimentos de dúvidas na Justiça. O juiz nomeia um perito contábil quando há a necessidade de esclarecimento e entendimento de questões envolvendo a área contábil. Por exemplo, quando um processo que envolve uma operação financeira está na Justiça, o juiz precisa analisar as questões financeiras, como juros, taxas, incidências, lançamentos. O perito contábil analisa estes aspectos técnicos, descreve e detalha para o juiz”, explicou o palestrante, que possui nomeações como perito em diversas varas cíveis e anexos da Fazenda no Estado de São Paulo, além de atuar como docente do Senac São Paulo e em outras instituições de ensino para cursos de graduação e extensão.

O especialista informou que as maiores demandas, atualmente, são de bancos e do Estado, e que as principais questões são financeiras, previdenciárias, tributárias e trabalhistas. “Temos hoje no Brasil um volume em torno de 90 milhões de processos em andamento na Justiça. Existe um volume enorme de assuntos que envolvem contabilidade, finanças e números que colocam o juiz na necessidade de chamada dos peritos. Existe um mercado enorme e muita demanda por este trabalho e por bons profissionais que auxiliem no esclarecimento dessas dúvidas para a Justiça”, disse, sinalizando aos graduandos as inúmeras possibilidades. “Todo contador está apto a atuar como perito, que é uma função muito valorizada no Brasil devido ao elevado número de processos.”

VIVÊNCIA PRÁTICA

Durante a palestra, o professor Paulo Cordeiro de Mello respondeu às perguntas dos alunos e divulgou o livro “Perícia Contábil”, lançado no final do ano passado. “É um livro prático, didático e o mais atualizado que tem no mercado. Tem sido adotado por muitas instituições, inclusive a FAJ, que passa agora a adotá-lo como componente curricular e bibliografia básica”, disse.

A publicação, lançada pela Editora Senac, traz temas práticos como parecer técnico na inicial ou contestação de um processo judicial, auxílio na formulação de quesitos e tópicos que representam possíveis atuações de assistentes técnicos e peritos contábeis.

Assim como o livro, a proposta primordial da FAJ é aliar o ensino à prática da carreira. “Com base nesse enfoque prático, buscamos, a cada semestre, oferecer aos alunos temas novos”, explica o professor Anderson de Barros Silva, coordenador do curso de Ciências Contábeis da Instituição.

“Com esta palestra, aproximamos um pouco mais o aluno da vivência profissional, pois ele só teria um contato maior com o assunto depois de formado ou encarando o mercado de trabalho”, acrescenta Rômulo Augusto Arsufi Vigatto, professor da disciplina Perícia, Mediação e Arbitragem.

Seguindo o objetivo de inovar sempre, a coordenação já projeta o próximo evento. “Estamos planejando um encontro que vai movimentar os profissionais de todas as áreas da Contabilidade. Queremos trazer empresa de software, profissionais que atuam dentro das empresas, que possuem escritórios de Contabilidade, especialistas nas áreas de auditoria, de perícia, de controladoria, etc”, avisa o Prof. Anderson de Barros Silva. Este evento deverá ocorrer em meados de outubro ou novembro. ”Tudo vai depender da agenda do EmpreendCont, que acontece todos os anos”, informa o coordenador.

 

Erro na Galeria:
Nenhuma Galeria com ID 15 foi encontrada ou você ainda não criou álbuns para ela .

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful