Atendimento CIM oferece um conhecimento qualificado para a comunidade e alunos de Farmácia

Atendimento CIM oferece um conhecimento qualificado para a comunidade e alunos de Farmácia

Com duas plataformas eficazes em auxiliar a população, os alunos de Farmácia inovam a cada atendimento realizado no UBS Roseira de Baixo ou em alguma dica ou notícia publicada no blog coordenado por alunos do curso. Atualmente, o número de acessos do blog cresce gradualmente, além dos atendimentos presenciais, que estão conhecidos pela população cada vez mais.

Durante as conversas com os pacientes na UBS, os alunos participantes instruem modos de armazenamentos do remédio, os melhores horários para tomar a medicação, e onde é possível descartar medicamentos não mais utilizáveis ou vencidos.

Segundo o aluno e colaborar do CIM, Leonardo Fortes, muitos procuram o centro porque primam pela informação e querem saber como realizar um tratamento correto e seguro. “Se está correta a forma que estão administrando os medicamentos. Para que assim possam ter uma adesão melhor ao tratamento farmacoterapêutico”, explica.

A professora responsável por monitorar os alunos durante as consultas, Michelle Pedroza, apresenta os estudantes do projeto e explica que todos os participantes são capacitados e possuem um conhecimento qualificado para atuar direto com pacientes. “Todos são alunos comprometidos e que colocaram em prática os ensinamentos com muita destreza, em apenas dois meses de CIM”, parabeniza a docente.

Além de toda a dedicação no atendimento presencial, o grupo ainda ministra o blog CIM FAJ. O blog possui atualmente mais de 15 mil visitas, um número significativo para a proposta do projeto. O aluno Leonardo explica que as notícias publicadas no blog buscam informações e novidades de situações na área da saúde, visando oferecer um conhecimento abrangente sobre medicamentos, tratamentos, doenças, tudo que está envolvido com o cuidado a saúde. “Assim nossos leitores terão sempre uma posição e pensamento sobre determinados assuntos que envolvem a saúde publica”, conclui.

 

ROTINAS DOS ATENDIMENTOS

A professora responsável explica que os atendimentos mais frequentes são com os idosos, por em alguns casos necessitarem de diversos medicamentos, como os que fazem politerapia medicamentosa e muitas vezes não tomam a medicação da forma correta, sendo necessário um acompanhamento farmacoterapêutico. “Nós utilizamos o método de Dáder, permitindo ao farmacêutico seguir normas claras e simples para realizar seguimento Farmacoterapêutico e para detectar problemas relacionados com os medicamentos, assim prevenindo e resolvendo resultados negativos associados à medicação”, explica.

Além de auxiliar outros pacientes, como as mães sobre o uso correto do medicamento infantil, que vai desde o preparo da medicação até as melhores horas para aplicá-los e armazenamento. Tirando dúvidas também sobre dos anticoncepcionais e antibióticos, e como utilizar corretamente.

 

O FEEDBACK

Leonardo afirma que a receptividade dos usuários do blog é grande, e o reconhecimento é nítido por meio de comentários, curtidas e compartilhamentos, sendo possível perceber que todo o ensinamento que tentam transmitir está fazendo efeito. “Podemos ver que estamos conseguindo transmitir mais conhecimento através da rede social, que hoje é um dos nossos maiores aliados”, fala.

O feedback dos pacientes que são atendidos in loco também é nítido, pois para cada consulta já é realizado um retorno, e assim é possível verificar a experiência em si, se facilitou mais o processo de medicação etc. “Muitos já retornaram e disseram estar se sentindo muito melhor, que seguiram nossas orientações e perceberam uma melhor adesão ao tratamento”, comenta Leonardo.

Além de apresentar uma positividade dos atendidos pelo CIM, a docente explica que os profissionais farmacêuticos e os próprios médicos solicitam que os pacientem passem com os alunos e docente para um atendimento. “Os próprios pacientes têm nos procurado mesmo sendo de outra UBS e hoje já temos agenda para marcar e remarcar atendimentos dos pacientes que detectamos maior propensão ao uso irracional de medicamentos”, esclarece.

Recentemente o grupo realizou uma parceria com diversos fisioterapeutas do campus Interclínicas da FAJ, e ao detectarem um paciente em potencial para atenção farmacêutica, encaminha-o para o auxilio no tratamento farmacológico.

 

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful