As diversidades sexuais foi tema de Aula Magna na UniFAJ

As diversidades sexuais foi tema de Aula Magna na UniFAJ

Em comemoração ao Dia do Psicólogo, em 27 de agosto, a Aula Magna do curso de Psicologia do Centro Universitário de Jaguariúna foi promovida no dia 29 de agosto, no anfiteatro no campus II e teve como abordagem o tema “Entendendo as Diversidades Sexuais”, recebendo a psicóloga, psicodramatista e integrante da equipe do Centro de Referência LGBT de Campinas, Bárbara Dalcanale Meneses.

A palestrante revelou que para o ser humano respeitar a diversidade do próximo é necessário entender, sendo o desconhecimento o principal incentivo para preconceito e discriminação. “O profissional de psicologia precisa aprender a ter um olhar respeitoso em relação a diversidade para que a gente não continue violentando essas pessoas. Para que a gente possa tirar essas pessoas da depressão para que essas pessoas possam ter o direito de ser”, disse Barbara. De acordo com a profissional, as pessoas LGBT’s são violentadas em todos os espaços e por isso há necessidade do psicólogo ter total conhecimento para o assunto, pois ao contrário poderá causar danos irreparáveis na vida da pessoa.

O aluno Jean Robson Baptista do décimo semestre foi o mestre de cerimônia da noite abriu a palavra para o diretor acadêmico de unidade, professor Flávio Fernandes Pacetta que atualizou os estudantes informando que as Aulas Magnas foram instituídas para trazer discussões construtivas sobre temas que são importantes e atuais para cada área de atuação da graduação. “A psicologia com certeza tem vários temas. Infelizmente ou não, há situações que acabam se colocando dentro da internet que remexe com a questão psicológica do ser humano e acaba trazendo a tona certamente alguns assuntos, como o jeito que nos comportamos perante algumas situações e quais são as explicações possíveis e imagináveis para possamos ter esse comportamento sendo aceito dentro da discussão societária”, complementou.

A coordenadora do curso, professora Vanessa Cristina Cabrelon Jusevicius relembrou que no dia 27 de agosto foi completado 55 anos da regulamentação da profissão no Brasil, que segundo ela foi uma grande conquista.

Atitudes simples podem fazer a diferença, como estar aberto a ouvir a história de vida das pessoas que são LGBT’s. “O que é a sigla e ter o olhar de o que isso interfere na minha vida? O que eu posso fazer para essa pessoa ser feliz e de bem? Ter o olhar respeitoso e amor para as pessoas no geral, independente da sua sexualidade, raça, nacionalidade. O que falta no mundo é mais respeito e amor”, finalizou Bárbara.

A Aula Magna contou com a distribuição de livros da Casa do Psicólogo e com a presença de alunos egressos.

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful