Alunos da Faculdade da Terceira Idade da FAJ discutem sobre o Empoderamento Feminino

Alunos da Faculdade da Terceira Idade da FAJ discutem sobre o Empoderamento Feminino

Os idosos do curso de Informática da Faculdade da Terceira Idade da FAJ assistiram no dia 6 de março uma palestra em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Sob o tema “Empoderamento Feminino: Questionando Referências” a atividade foi apresentada pela Profa. Drª Elisandra Villela Gasparetto Sé, coordenadora do projeto FATI – FAJ.

Com o objetivo de proporcionar aos idosos um momento de reflexão sobre o conceito “empoderar” e o gênero na atualidade, a docente contou aos estudantes que não há sociedade que não são formadas por homens e mulheres e que todos os padrões estabelecidos são transitórios, históricos, chegando a importância do conceito de gênero.

A libertação que o conceito e a categoria de gênero trouxeram para as pessoas, de acordo com a Drª Elisandra, foi dizer que o menino ou a menina pode não gostar de algo mesmo que a sociedade ensine a gostar. “Somos seres inevitavelmente plurais. E todos os padrões hoje são altamente passíveis de reflexão. E quem fez esta problematização foi o movimento feminista nos anos 70. O feminismo despertou a sociedade ocidental para a percepção que de a biologia não define quem somos. Isso foi histórico. E os homens também se beneficiaram deste movimento”, frisou a colaboradora FAJ.

Os idosos participaram da palestra discutindo sobre estas questões relatando experiências e percepções. As alunas Águeda e Carla, alunas da FATI, relataram que independente dos papéis sociais que homens e mulheres desempenham atualmente devido às conquistas do sexo feminino, ainda percebe que existem muitas coisas a se fazer.

A palestrante apresentou aos estudantes dados do Relatório Global das Diferenças de Gênero do Fórum Mundial Econômico publicado em 2016, que aponta de 144 países 59% das mulheres no mundo ainda não fazem parte da economia ativa, 95% das crianças do sexo feminino no mundo estão fora da escola, principalmente do ensino fundamental e médio e por fim, 96% das mulheres destes 144 países avaliados sofrem de doenças crônicas, incluindo o câncer, hipertensão arterial, diabetes, depressão e violência doméstica.

“É importante chamar a atenção para estes dados e incentivar a maior participação da sociedade como um todo. Por isso, a importância do tema empoderamento feminino”, explica a docente.

Outra abordagem foi o significado do conceito de empoderar, tema da palestra, que se refere ao ato de dar ou conceder poder para si próprio ou para outrem. A partir do seu sentido figurado, empoderar representa a ação de atribuir domínio ou poder sobre determinada situação, condição ou característica. O ato de empoderar é considerado uma atitude social que consiste na conscientização dos variados grupos sociais, principalmente as minorias, sobre a importância do seu posicionamento e visibilidade como meio para lutar por seus direitos. Um dos atos de empoderar mais conhecido é o empoderamento feminino, ou seja, quando há a conscientização das mulheres de reivindicarem socialmente por igualdades de direito entre os diferentes gêneros.

“Infelizmente ainda vivemos numa sociedade “heteronormatizadora”, uma sociedade que impõe certos papéis definidos para homens e mulheres. É preciso criar uma ambivalência de respeito mútuo e fazer com que os argumentos feministas sejam levados a sério”, finalizou a Professora Drª Elisandra Villela Gasparetto Sé.

A mesma palestra foi ministrada na Associação Comercial de Jaguariúna (ACIJ) para as empresárias da cidade no dia 7 de março. Por meio do Departamento de Convênios, a Professora Elisandra provocou uma reflexão crítica na plateia iniciando com uma leitura da pintura do quadro “O Nascimento de Vênus”, que data da época da Renascença pintado por Botticelli, onde a deusa Afrodite é imortalizada como a deusa do amor.  “Esta pintura retrata a mulher desce a antiguidade como sendo valorizada pela beleza do seu corpo, despertando desejos”, conta a palestrante.

Durante a palestra a Drª buscou chamar a atenção do público sobre uma crítica dos padrões e estereótipos da mulher que ainda nos dias atuais é pautado pelas referências do seu corpo, ficando em segundo lugar sua inteligência e competência.

 

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful