Aluno de Fisioterapia da FAJ atuou na preparação da Seleção de Portugal durante a Copa

Aluno de Fisioterapia da FAJ atuou na preparação da Seleção de Portugal durante a Copa

Por: Bruno Felisbino

Imagine ter a chance de participar diretamente da preparação de uma seleção para a Copa do Mundo, estar em contato com grandes profissionais e, de quebra, realizar atendimento ao melhor jogador de futebol da atualidade. Pois foi esta a experiência vivida pelo aluno do 9º semestre do curso de Fisioterapia da FAJ Lucas Groppo nas últimas semanas.

Realizando estágio na equipe de Fisioterapia da Associação Atlética Ponte Preta de Campinas, Lucas viu esta grande chance aparecer com a escolha da Seleção de Portugal em realizar sua preparação para a Copa do Mundo em Campinas. Durante as últimas semanas, o Centro de Treinamento da Ponte Preta, no Jardim Eulina, foi a base de treinos da seleção portuguesa para o Mundial. Desta forma, Lucas e os demais profissionais do Departamento de Fisioterapia da Ponte entraram em ação para trabalhar com Cristiano Ronaldo e companhia. O encantamento em estar ao lado de grandes estrelas do futebol mundial foi inevitável, mas logo deu lugar ao profissionalismo no atendimento a jogadores que precisavam de seus cuidados para suportar a forte exigência da competição.

“Mesmo tendo sido poucos dias de contato com os jogadores, a experiência foi de suma importância e agregou um enorme valor a minha formação, principalmente na troca de informações com profissionais europeus acostumados com outras técnicas e métodos de tratamento diferentes dos nossos”, comentou o estudante.

Sobre o contato diário com o melhor jogador do Mundo eleito pela Fifa, Lucas não esconde a admiração. “O Cristiano, além de um grande profissional do futebol, é um exemplo de pessoa pela sua educação e humildade com os profissionais e fãs que estavam no local. Uma coisa que me marcou foi no último dia, quando ele veio em nossa direção, agradeceu pelo trabalho realizado e nos disse um até logo. Escutar isso do melhor jogador do mundo valeu todo o sacrifício feito para estar lá”, lembra.

Em campo, Portugal não correspondeu às expectativas e foi eliminado logo na primeira fase. No entanto, a passagem dos portugueses por Campinas ficará marcada nas lembranças do futuro fisioterapeuta, que faz questão de demonstrar sua gratidão pela experiência pessoal e profissional vivenciada.

“Só tenho a agradecer, primeiramente a Deus, pelas oportunidades, a minha família pelo apoio e a FAJ, por me proporcionar um ensino de qualidade e a chance de estar lá. Agradeço também a Profª Erica Passos Baciuk e ao Prof. Ricardo Rosalino pela indicação ao estágio na Ponte Preta, a toda a equipe médica e fisioterápica da AAPP por acreditar em mim e a todos os professores que passaram pela minha graduação”, cita o estudante.

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful